Previsão do tempo
23°
34°
Pancadas de Chuva

Brasil de Sul a Norte

Doalcei Alves

Notícias
Polícia
Bandidos fortemente armados explodem três agências bancárias e relojoaria
A relojoaria foi a primeira a ser atacada

Um grupo de ladrões fortemente armados deixaram rastros de destruição em três agências bancárias e em uma relojoaria na madrugada desta quinta-feira (30), em Mangueirinha.

De acordo com as primeiras informações, 12 bandidos armados com fuzis e dinamite explodiram as agências do banco Itaú, Caixa Econômica, Banco do Brasil e uma relojoaria entre às 3 horas e 3h30.

A relojoaria foi a primeira a ser atacada. A grade de proteção da porta foi jogada a alguns metros de distância com a explosão e uma sacola com joias e relógios foi levada.

Na sequência a agência do Banco do Brasil, que fica no outro lado da rua, foi atacada onde os bandidos usando dinamites explodiram os caixas eletrônicos. As agências da Caixa Econômica e do Itaú também foram explodidas em seguida e ficaram danificadas.

Os ladrões ainda arremessaram duas granadas contra o prédio do Pelotão da Polícia Militar; uma explodiu na calçada, em frente à porta principal do Pelotão, e outra, atirada no pátio, não explodiu. Enquanto um grupo permanecia no Destacamento, outro bando agiu na rodoviária municipal impedindo que as pessoas saíssem ou acionassem a polícia, e enquanto isso outro grupo de bandidos efetuou a ação nas agências bancárias e relojoaria.

Após a ação, os suspeitos fugiram em motos, carros e camionete, levando dinheiro e joias.

Equipes de polícia do 3° BPM estão realizando buscas aos bandidos em toda região.

Veja Também
Polícia
Veículo furtado em Dionísio Cerqueira
Política
Em discurso, Michel Temer rebate acusações feitas por Sérgio Machado em delação
Geral
12ª Festa da Integração bate recorde de público
Geral
Abatedouro clandestino é interditado em Santa Helena, Extremo Oeste de SC
Polícia
Acidente envolve três caminhões na BR-282, em Nova Erechim, Oeste de SC
Geral
E-mails enviados em nome da Justiça Eleitoral podem conter vírus