Previsão do tempo
12°
27°
Pancadas de Chuva a Tarde

Manhã da Fronteira

Laudinor Dalvani

Super Manhã 94

Adriana Riva

Notícias
Geral
É o que revela a pesquisa anual do Instituto GEOC

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reduziu a taxa básica da economia brasileira pela segunda vez seguida nesta quarta-feira (30), de 14% para 13,75% ao ano, um corte de 0,25 ponto percentual.

A decisão, unânime entre presidente e diretores do BC, veio no mesmo dia em que o IBGE divulgou que o Brasil continuou em recessão no terceiro trimestre.

Com o novo corte na Selic, os juros recuaram ao menor patamar desde o início de junho de 2015, quando estavam em 13,25% ao ano, ou seja, em cerca de um ano e meio.

A decisão do BC ficou dentro da expectativa da maior parte dos economistas do mercado financeiro, que há algumas semanas apostava num corte maior na Selic, de 0,50 ponto percentual, mas mais recentemente reduziu para 0,25 ponto percentual devido à vitória de Donald Trump. O resultado das eleições nos EUA espalhou incertezas nos mecados, gerou alta do dólar e queda da bolsa nas economias emergentes.

Os analistas das instituições financeiras preveem que o Copom continuará a reduzir a Selic nos próximos meses, chegando a 10% ao ano em abril de 2018.

 

G1

Veja Também
Justiça
Lei Brasileira de Inclusão desrespeita artigo 208 da Constituição Federal, diz Confenen
Educação
Resultado do ENEM deve ser divulgado hoje ou amanhã
Polícia
Mulher é agredida e esfaqueada pelo marido no interior de Dionísio Cerqueira
Saúde
Cientistas descobrem técnica para detectar Parkinson antes dos sintomas surgirem
Geral
Raio atinge Basílica de São Pedro no dia em que Papa anunciou renúncia
Economia
Reajuste das tarifas bancárias chegou a 83% nos últimos 5 anos