Previsão do tempo
17°
24°
Nublado e Pancadas de Chuva

Clube do Povo

Jeferson Rodrigues

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
Geral
Julgamento da chapa Dilma-Temer será retomado em junho

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, marcou para os próximos dias 6 a 8 do mês que vem o julgamento da ação que pede a cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, que venceu a eleição presidencial de 2014.

A pedido do relator do caso, ministro Herman Benjamin, Mendes reservou quatro sessões para o julgamento.

Na ação, apresentada à Justiça Eleitoral pelo PSDB em dezembro de 2014 – dois meses depois da derrota nas urnas do candidato do partido, Aécio Neves –, os tucanos acusaram a chapa Dilma-Temer de ter cometido abuso de poder político e econômico por, supostamente, ter recebido dinheiro de propina do esquema de corrupção que atuava na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato. Atualmente, o PSDB integra do governo Temer, no qual detém quatro ministérios.

Se o TSE decidir pela cassação da chapa, o presidente Michel Temer perde o mandato e, junto com Dilma, fica inelegível por oito anos. Nessa hipótese, o Congresso então deverá realizar eleições indiretas para a Presidência da República, com a possibilidade de se candidatar qualquer brasileiro nato com mais de 35 anos de idade, filiado a partido político e escolhido pelo partido. Votam na eleição indireta os 513 deputados e 81 senadores.

G1

 

Veja Também
Polícia
Definida a data de inauguração do Posto da PRF em Guaraciaba
Polícia
Operador morre esmagado por rolo compressor em São José do Cedro
Prosseguem as buscas por foragidos da cadeia de Santo Antônio do Sudoeste
Polícia
Agricultor morre pisoteado por vacas
Saúde
Santa Catarina pede mais 133 profissionais do Mais Médicos
Polícia
Justiça marca nova data para júri popular adiado em Barracão