Previsão do tempo
15°
23°
Variação de Nebulosidade
Notícias
Geral
Sergio Moro diz que país está em ‘encruzilhada’ e mudança vem com ‘turbulência’

O juiz Sergio Moro aproveitou o prefácio que escreveu para o recém-lançado livro “Infraestrutura: eficiência e ética”, organizado pelo economista Affonso Celso Pastore, para fazer uma análise do atual processo de combate à corrupção no Brasil e reclamar da falta de “iniciativas mais robustas” do governo e do Congresso nesse campo. Segundo o juiz da Lava-Jato, essas duas instituições “deveriam ser as mais sensíveis à revelação do quadro de corrupção sistêmica”, mas pouco têm feito.

O juiz critica a dificuldade de se aprovar as Dez Medidas Contra a Corrupção e elenca ao menos três propostas em tramitação no Congresso que podem atrapalhar as investigações: o projeto de abuso de autoridade, o que visa a restringir a delação premiada e o que procura impedir a execução da pena antes do transito em julgado.

“O Brasil encontra-se em uma encruzilhada. É possível avançar na implementação do Estado de Direito e no fortalecimento da democracia, o que exige o enfrentamento da corrupção sistêmica. Ou é possível retroceder ao status quo anterior, de desenfreada corrupção sem responsabilização. A passagem entre um modelo de privilégio para um modelo de responsabilidade não se faz sem turbulência”, diz Moro.

O Juiz também aponta o julgamento do mensalão como o marco inicial do processo de ruptura com a “tradição de impunidade” brasileira.                                            (O GLOBO)

 

Veja Também
Geral
Brasileiros pagaram R$ 184 bilhões em impostos, só em abril
Economia
Pela 4ª vez, BC piora previsão sobre a inflação, mas melhora expectativa sobre o PIB
Política
Processo de instalação da UNILA e IFPR avança
Economia
Arrecadação federal sobe e passa dos R$ 80 bilhões em agosto
Economia
Safra de cana entra na reta final, moagem despenca e preço do álcool dispara
Polícia
Temporal causa emergência, morte e suspensão de aulas no Oeste Catarinense