Previsão do tempo
22°
32°
Predomínio de Sol

Encontro de Bandas

Laudinor Dalvani

Notícias
Polícia
DENARC realiza a maior apreensão de armas dos últimos anos no Paraná

Um megacarregamento de armas e drogas foi interceptado numa operação conjunta entre as polícias civis do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Dentro de um caminhão-tanque, os policiais apreenderam nove fuzis, dois deles modelo ponto 50, capazes de derrubar até um avião e muito usados em roubo a carro-forte, além de 31 pistolas, quase cinco toneladas de droga e 16 mil munições.

Foi a maior apreensão de armas realizada pela polícia do Paraná nos últimos anos. O carregamento, avaliado em cerca de 8 milhões de reais, seria entregue a traficantes na cidade do Rio de Janeiro.

Durante dois meses, a Denarc, a Divisão Estadual de Narcóticos de Cascavel, no Oeste do Estado, investigou a quadrilha. O motorista do caminhão, que tinha placa de Londrina, foi detido.

A apreensão aconteceu na terça-feira (16) na entrada da cidade de Teodoro Sampaio, interior do estado de São Paulo. Durante a abordagem, ele afirmou que receberia cerca de 10 mil reais pelo transporte a fim de quitar uma dívida com traficantes da capital fluminense. A ação policial também contou com o apoio da Polícia Militar de São Paulo.

O delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Julio Cezar dos Reis, avaliou a ação como um golpe ao tráfico.

O preso possui passagem na polícia pelo crime de porte ilegal de arma no ano passado. Agora vai responder por tráfico de drogas e de armas. Se condenado, pode pegar até 19 anos de reclusão.

Toda a apreensão foi encaminhada à delegacia da cidade de Teodoro Sampaio, já o homem preso foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisório de Caiuá.

Gustavo Vaz/AEN

 

Veja Também
Polícia
Caminhão carregado com arroz tomba na BR-163
Polícia
Ação conjunta das Polícias estoura depósito de máquinas agrícolas na fronteira com a Argentina
Polícia
Bombeiros localizam corpo de homem que tinha desaparecido no Rio Capanema
Geral
Bancários anunciam greve em todo o Brasil a partir do dia 19
Geral
Planos de saúde são obrigados a divulgar qualificação de médicos e hospitais credenciados
Geral
Governo quer ajustes na Lei do Ato Médico