Previsão do tempo
19°
28°
Possibilidade de Pancadas de Chuva

Clube do Povo

Doalcei Alves

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
Polícia
Presos do regime aberto terão fiscalização mais rigorosa em Dionísio Cerqueira

MPSC, Poder Judiciário e Polícias Civil e Militar firmaram parceria para controle do cumprimento das penas.

A fiscalização do cumprimento das restrições impostas aos presos em regime aberto será intensificada na Comarca de Dionísio Cerqueira, a partir de termo de cooperação firmado nesta quarta-feira (2/8) entre o Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), Poder Judiciário e Polícias Civil e Militar.

A parceria foi firmada em reunião promovida pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Dionísio Cerqueira, com atuação na área criminal, com o objetivo de estabelecer diretrizes para conferir maior efetividade à fiscalização das pessoas submetidas a recolhimento domiciliar no regime aberto ou no cumprimento de outras medidas cautelares.

O termo de cooperação estabelece a criação de um cronograma de inspeções nas residências das pessoas com a liberdade judicialmente restrita, a serem efetivadas pelas Polícias Militar e Civil. Se for flagrado algum descumprimento, o fato será imediatamente comunicado ao Poder Judiciário, que poderá, a depender do caso, decretar a prisão do faltoso.

Firmaram a parceria o Promotor de Justiça Leonardo Cazonatti Marcinko, o Juiz de Direito Luciano Fernandes da Silva, o Comandante da Polícia Militar, Capitão Deiber Haefliger, e o Delegado de Polícia Civil, Régis Augusto Stang.

 

Com informações do portal MPSC

Veja Também
Cultura
Católicos da Tri Fronteira mudam programação, mas relembram caminhada de Jesus até o calvário na sexta-feira santa
Educação
ProUni abre amanhã inscrições para bolsas remanescentes
Polícia
Polícia procura autores de assalto em Posto e Churrascaria de Dionísio Cerqueira
Polícia
Elemento é preso por desacato à policiais militares em Barracão
Geral
Vídeos na internet orientam o contribuinte a preencher a declaração do IR 2015
Polícia
CNJ quer normas para identificar tortura de presos