Previsão do tempo
16°
25°
Pancadas de Chuva a Tarde
Notícias
Mundo
Transferência da embaixada norte-americana para Jerusalém foi recebida com críticas e ameaças ao governo Trump

Transferência da embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém dividiu, mais uma vez, Ocidente e Oriente.

De um lado, líderes europeus manifestaram preocupação com o anúncio do presidente Donald Trump. Já no Oriente Médio, representantes das nações de maioria muçulmana reagiram com ataques verbais e ameaças.

Para o vice-primeiro ministro da Turquia, Bekir Bozdag, a decisão do presidente norte-americano vai incendiar o mundo.

Mais contundente, o enviado palestino ao Reino Unido, Manuel Hassassian disse em entrevista à Rádio BBC que Trump está declarando a guerra no Oriente Médio.

Segundo Hassassian, 1 bilhão e 500 milhões de muçulmanos e outros milhões de cristãos não vão aceitar que os santuários sagrados estejam sob domínio de Israel.

Até os aliados tradicionais dos Estados Unidos, o Reino Unido e a Alemanha criticam a decisão de Trump.

Num apelo de paz, o Papa Francisco declarou grande preocupação para que sejam respeitadas as resoluções da ONU e que todos tenham espaço na Terra Santa.

Jerusalém é o centro das disputas entre Israel e Palestina. Os governos da França e da Rússia recomendaram aos turistas que evitem visitas à cidade, a Israel, Faixa de Gaza e Cisjordânia.

 

Foto:Terra

Veja Também
Polícia
Foragido da Penitenciária Estadual morre em confronto com a polícia
Economia
Cesta básica sobe em 18 capitais brasileiras
Geral
Bancos fecham nesta quinta, mas funcionam normalmente na sexta
Esportes
Definidos os confrontos das oitavas de Liga dos Campeões da Europa
Polícia
Amásio tenta agressão contra companheira e seus filhos, em Barracão
Polícia
Greve de agentes penitenciários altera horários de visitas na PEFB