Previsão do tempo
13°
27°
Parcialmente Nublado
Notícias
Mundo
Transferência da embaixada norte-americana para Jerusalém foi recebida com críticas e ameaças ao governo Trump

Transferência da embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém dividiu, mais uma vez, Ocidente e Oriente.

De um lado, líderes europeus manifestaram preocupação com o anúncio do presidente Donald Trump. Já no Oriente Médio, representantes das nações de maioria muçulmana reagiram com ataques verbais e ameaças.

Para o vice-primeiro ministro da Turquia, Bekir Bozdag, a decisão do presidente norte-americano vai incendiar o mundo.

Mais contundente, o enviado palestino ao Reino Unido, Manuel Hassassian disse em entrevista à Rádio BBC que Trump está declarando a guerra no Oriente Médio.

Segundo Hassassian, 1 bilhão e 500 milhões de muçulmanos e outros milhões de cristãos não vão aceitar que os santuários sagrados estejam sob domínio de Israel.

Até os aliados tradicionais dos Estados Unidos, o Reino Unido e a Alemanha criticam a decisão de Trump.

Num apelo de paz, o Papa Francisco declarou grande preocupação para que sejam respeitadas as resoluções da ONU e que todos tenham espaço na Terra Santa.

Jerusalém é o centro das disputas entre Israel e Palestina. Os governos da França e da Rússia recomendaram aos turistas que evitem visitas à cidade, a Israel, Faixa de Gaza e Cisjordânia.

 

Foto:Terra

Veja Também
Geral
Tirar dupla cidadania vai ficar mais fácil
Polícia
Polícia Federal prende o maior desmatador da Amazônia
Polícia
Mulher é morta com seis tiros pelo ex-namorado
Saúde
Emagrecer demais pode provocar depressão, indica pesquisa
Justiça
INSS começa a pagar processos previdenciários nas próximas semanas
Polícia
Cidadão é assaltado durante caminhada na BR-163 em Barracão