Previsão do tempo
19°
Parcialmente Nublado

Nossa Terra Nossa Gente

Doalcei Alves

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Polícia
Universitário confessa matar tio e ferir avó de 86 anos em festa de família no Oeste, diz polícia

Um universitário de 23 anos se apresentou à Polícia Civil de Pinhalzinho, no Oeste catarinense, na madrugada desta terça-feira (02) e confessou ter invadido a casa do tio, dado os tiros que o mataram e feriram a avó de 86 anos e outras três pessoas. O crime ocorreu na noite de domingo (31) por volta das 22h30 na Linha Boa Vista em Pinhalzinho. O rapaz chegou à casa encapuzado e atirou nos parentes.

Conforme os policiais, ele planejava o crime há um mês. Vizinhos da família declararam à polícia que o rapaz se sentia lesado na divisão de uma herança deixada pelo avô e teria atirado em Juares Ogliari, de 47 anos, que era professor do Instituto Federal Catarinense (IFC) de Concórdia desde maio de 2016. Conforme a unidade, ele era servidor federal do Rio de Janeiro cedido para o campus.

O jovem chegou à delegacia, onde permanecia detido até as 9h30, acompanhado de um advogado. Segundo a Delegacia de Pinhalzinho, mais tarde, ele deve ser encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Maravilha, também no Oeste.

Segundo os policiais, o rapaz cursa engenharia em Florianópolis e não tinha antecedentes criminais. Outros detalhes sobre o caso não foram informados pela polícia.

FOTO:G1

 

Veja Também
Carreta com carregamento ilegal tomba em Barracão
Geral
Manifestantes voltam a protestar contra o G20 nas ruas de Hamburgo
Saúde
Campanha para atualizar caderneta de vacinação termina nesta sexta
Polícia
PM registra caso de violência doméstica no Bairro Três Fronteiras
Geral
ANEEL divulga tarifa residencial com desconto para o Paraná
Polícia
Homem com mandado de prisão em aberto é preso e com ele motocicleta com sinais identificadores adulterados é apreendida