Previsão do tempo
17°
20°
Chuva

Madrugada da 94

Notícias
Geral
Fundo eleitoral bilionário desvia recursos de áreas essenciais; saúde e educação perdem quase R$ 500 milhões

Infraestrutura, segurança e agricultura perdem mais de R$ 800 milhões em investimentos que serão destinados ao fundo bilionário para campanhas políticas.

As áreas de saúde e educação também perdem recursos: mais de R$ 472 milhões que saíram das bancadas dos partidos para os serviços essenciais vão agora para os gastos eleitorais.

Os recursos somam mais de R$ 1 BILHÃO 700 milhões no fundo aprovado pelo Congresso no ano passado para compensar a proibição de doações empresarias.

Do total, R$ 450 milhões se referem à isenção fiscal que seria concedida às emissoras de rádio e TV para veicular os programas políticos. O restante é verba obrigatória das emendas de bancadas ao Orçamento, paga ao governo.

Na prática, segundo o Estadão, o dinheiro retirado da saúde seria suficiente para custear 859 Unidades Básicas de Saúde. Na educação, equivale a 34% dos gastos com equipamentos e estruturação de creches.

Questionado pelo Supremo Tribunal Federal, o fundo só poderá ser utilizado depois da votação em plenário, do parecer da relatora, a ministra Rosa Weber.

Veja Também
Esportes
Arsenal se prepara para o primeiro evento teste visando à estreia na Liga Catarinense de Futsal.
Esportes
Para 63% dos brasileiros, Olimpíada vai trazer mais prejuízos que benefícios
Polícia
Ladrão invade casa e estupra mulher na frente do namorado
Economia
Pagamento do 2º lote de restituições cai nesta terça: o que fazer com o dinheiro?
Geral
Prefeitos do CIF entregam caderno de ações a representantes da Caixa em Brasília
Polícia
Discussão familiar e apreensão de arma de fogo