Previsão do tempo
16°
28°
Parcialmente Nublado

Chimarreando com a Fronteira

Loreno da Silva

Som Brasil

Laudinor Dalvani

Notícias
Geral
PF prende doleiros que atuavam com Alberto Youssef, estopim da Lava Jato

Rede de doleiros envolvidos em casos de lavagem de dinheiro foi alvo de operação da Polícia Federal na terça-feira.

A “Operação Dominó” prendeu OITO suspeitos de esquema criminoso com Luiz Carlos da Rocha, o “Cabeça Branca”, apontado como um dos maiores narcotraficantes do mundo.

Foram detidos Edmundo Gurgel e Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, um dos doleiros que atuava com Alberto Youssef, delator da Lava Jato.

Segundo a Polícia Federal, Ceará descumpriu o acordo de delação firmado em 2015 com a Procuradoria Geral da República, e voltou a atuar como doleiro.

Na delação homologada pelo STF, Ceará citou os senadores Aécio Neves (PSDB), Renan Calheiros (MDB), Fernado Collor de Mello (PTC-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede).

Afirmou ter feito repasses de valores aos políticos e que ouviu conversas envolvendo movimentação de grandes somas de Alberto Youssef aos parlamentares.

Os mandados foram cumpridos no Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Mato Grosso do Sul, São Paulo e no Distrito Federal.

Veja Também
Geral
Vereador explica os motivos para segurar projeto de Lei que viabilizaria o pagamento do 13º salário
Geral
Administração de Dionísio Cerqueira busca a implantação do Conselho de Trânsito do município
Geral
Inscrições para Processo Seletivo em escolas estaduais terminam nesta terça-feira
Polícia
DENARC realiza a maior apreensão de armas dos últimos anos no Paraná
Geral
Agricultores assinam contratos para o Pronaf com o Banco do Brasil
Geral
Comissão do Congresso aprova flexibilização no horário da Voz do Brasil