Previsão do tempo
16°
Predomínio de Sol
Notícias
Geral
PF prende doleiros que atuavam com Alberto Youssef, estopim da Lava Jato

Rede de doleiros envolvidos em casos de lavagem de dinheiro foi alvo de operação da Polícia Federal na terça-feira.

A “Operação Dominó” prendeu OITO suspeitos de esquema criminoso com Luiz Carlos da Rocha, o “Cabeça Branca”, apontado como um dos maiores narcotraficantes do mundo.

Foram detidos Edmundo Gurgel e Carlos Alexandre de Souza Rocha, o Ceará, um dos doleiros que atuava com Alberto Youssef, delator da Lava Jato.

Segundo a Polícia Federal, Ceará descumpriu o acordo de delação firmado em 2015 com a Procuradoria Geral da República, e voltou a atuar como doleiro.

Na delação homologada pelo STF, Ceará citou os senadores Aécio Neves (PSDB), Renan Calheiros (MDB), Fernado Collor de Mello (PTC-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede).

Afirmou ter feito repasses de valores aos políticos e que ouviu conversas envolvendo movimentação de grandes somas de Alberto Youssef aos parlamentares.

Os mandados foram cumpridos no Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Mato Grosso do Sul, São Paulo e no Distrito Federal.

Veja Também
Polícia
Mulher sai para atender telefone e é executada
Geral
Brasil registra recorde no contrabando de cigarros em 2017
Esportes
Fifa libera e Luis Suárez vai participar de amistosos do Uruguai
Economia
Banco Central eleva Selic para 11,75% ao ano
Polícia
Idoso tem anel de rubi furtado em Barracão
Polícia
Motorista de caminhão é preso na Argentina transportando mais de 177 quilos de maconha