Previsão do tempo
16°
26°
Pancadas de Chuva a Tarde

Jornal da Manhã

Cláudio Saccol

Bom dia Fronteira

Jeferson Rodrigues

Notícias
Geral
Ex-diretor da Secretaria de Educação do Paraná diz que pagou com propina gastos de campanhas e despesas pessoais de Beto Richa entre 2002 e 2015

O ex-diretor da Secretaria de Educação do Paraná Maurício Fanini afirma ter intermediado pagamentos de propina para o ex-governador Beto Richa (PSDB) entre os anos de 2002 e 2015.

As declarações foram documentadas em uma proposta de colaboração premiada feita à Procuradoria-Geral da República (PGR). Até esta terça-feira (5), o acordo ainda não havia sido fechado.

Segundo o ex-diretor, o dinheiro abasteceu as campanhas de Richa para a Prefeitura de Curitiba e para o Governo do Paraná, além de bancar gastos pessoais como viagens e a compra de um apartamento para o filho mais velho de Beto Richa, Marcello Richa.

Richa nega tudo e fala em "manobra arquitetada às vésperas do período eleitoral".

Fanini foi preso duas vezes pela Operação Quadro Negro, que investiga desvios de verbas que deveriam ser usadas na construção e reforma de escolas estaduais. A estimativa do Ministério Público do Paraná (MP-PR) é a de que a fraude tenha ultrapassado o montante de R$ 20 milhões.

Réu em três ações criminais relacionadas à operação, Fanini está detido na carceragem da Polícia Federal (PF) em Brasília desde maio deste ano.

Veja Também
Polícia
Banda musical do Paraná é detida com 1,4 tonelada de maconha, diz polícia
Geral
IFPR abre concurso com vagas para a cidade de Capanema
Geral
Anvisa proíbe venda de clareador dental sem receita do dentista
Geral
Cometa Halley provoca uma chuva de meteoros na Terra até novembro
Justiça
Pela primeira vez, STF reconhece direito de adoção por casais homossexuais
Polícia
Quadrilha pode ter desviado terras de assentamento