Previsão do tempo
23°
34°
Pancadas de Chuva

Brasil de Sul a Norte

Doalcei Alves

Bom dia Fronteira

Jeferson Rodrigues

Notícias
Geral
Quase metade dos brasileiros se autodiagnosticam pela internet

Prática perigosa, que pode colocar a vida em risco se associada à automedicação, diagnóstico de doenças pela internet é comum para quase a metade dos brasileiros.

Os pacientes que se consultam online são, na grande maioria, jovens com grau de instrução superior, e das classes A e B.

Os dados foram levantados em todas as capitais pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade, que atua na área farmacêutica.

O que mais surpreendeu os pesquisadores, é que dos 41 POR CENTO que se consultam com o que se pode chamar de “médicos virtuais”, mais de 60 POR CENTO são mais esclarecidos.

Apenas 26 POR CENTO são das classes D e E. Segundo Marcus Vinícius Andrade, diretor da pesquisa, pessoas de baixa renda buscam mais o atendimento nos prontos-socorros.

E idosos são os que mais recorrem aos médicos, pela dificuldade de utilização da internet.

Um dos principais motivos para a consulta virtual, segundo os pesquisadores, é o imediatismo da geração entre 16 e 34 anos.

Foram ouvidas 2.090 pessoas em 120 municípios, durante o mês de maio.

Veja Também
Justiça
Justiça dos Estados Unidos garante que Telexfree não deve voltar a funcionar
Saúde
6,5 milhões doses de vacinas contra Hepatite A e dTpa são garantidas para segundo semestre
Polícia
Polícia Militar frustra ação de marginais na Loja Becker de Cedro
Economia
Câmara aprova aumento salarial para servidores públicos
Saúde
Maquiagem vencida pode causar problemas no rosto e nos olhos
Geral
Celesc abre concurso para 34 vagas de analistas, técnicos e eletricistas