Previsão do tempo
14°
25°
Parcialmente Nublado

A Banda Chegou

Doalcei Alves

Sábado Total

Loivo Miguel

Notícias
Geral
Pelo menos 3 mil mulheres brasileiras foram vítimas de feminicídio

Pelo menos três mil mulheres foram vítimas de feminicídio, no Brasil, de 2009 pra cá.

E cerca de seis mil e 400 sofreram tentativa de assassinato.

Isso só pelas denúncias recebidas via Central de Atendimento à Mulher, no telefone 180.

A tendência, porém, é que o número real de crimes seja bem maior.

Dados do Ministério da Saúde, por exemplo, apontam que quase 13 mulheres foram mortas, por dia, em 2016, por algum tipo de agressão.

O que dá um total de mais de quatro mil casos, em um único ano.

Um assassinato é considerado feminicídio se a vítima foi morta especificamente pelo fato de ser mulher.

Por exemplo, quando ela é alvo de preconceito ou de violência doméstica.

Em 2015, o feminicídio passou a ser considerado um agravante, no Código Penal Brasileiro, do crime de homicídio.

Talvez por isso, naquele ano o número de denúncias disparou mais de 10 vezes e chegou a quase mil registros.

A Organização Mundial da Saúde calcula que, de cada três mulheres, pelo menos uma já sofreu agressão ou abuso.

No Brasil, as denúncias podem ser feitas pelo telefone 180 e a ligação é gratuita.

Veja Também
Geral
Governo cria "política do consumidor" e prevê seguro para reajuste da gasolina
Polícia
Homem é morto a facadas em clube de danças
Polícia
Compra e venda de veículo vira caso de Polícia em DC
Política
Prefeito de Campos Novos demite a esposa e a do vice após denúncia de nepotismo
Geral
Itália pede a renovação da prisão de réu do mensalão
Polícia
Motorista fica ferido em colisão