Previsão do tempo
19°
26°
Pancadas de Chuva a Tarde

Nossa Terra Nossa Gente

Doalcei Alves

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Mundo
Médicos dos EUA e do Japão dividem Nobel de Medicina por estudos sobre o câncer

Dois médicos levaram o Prêmio Nobel de Medicina 2018.

O norte-americano James Allison e o japonês Tasuku Honjo vão dividir o prêmio de 9 milhões de coroas suecas, o equivalente a 4 milhões de reais, por seus estudos relacionados ao câncer.

Os dois cientistas desenvolveram pesquisas sobre uma forma de aproveitar a capacidade do sistema imunológico do paciente para atacar as células cancerígenas.

De acordo com especialistas presentes na Fundação Sueca, que anunciou o Prêmio Nobel de Medicina nesta segunda-feira, esse tipo de tratamento é inovador porque é direcionado ao sistema de defesa do paciente, ao invés de atuar diretamente no tumor, o que provoca menos efeitos colaterais.

A imunoterapia, como ficou conhecida, já se mostrou bastante eficaz contra o melanoma maligno, que é um tipo de câncer de pele, e também contra câncer de pulmão, de rins e linfoma.

Centenas de pesquisadores estudam a eficácia do tratamento em outros tipos de tumores malignos. 

Veja Também
Política
Mais de 300 municípios paranaenses protestam contra a crise
Cultura
Estudo revela que o Brasil é uma das nações que limitam o empoderamento feminino
Geral
Saque do PIS para mulher com 62 anos e homem com 65 pode acabar na quinta
Geral
Salário das mulheres cresce, mas ainda corresponde a 81% do ganho dos homens
Policia
Idoso é enganado em rodoviária
Saúde
ONU: vacina contra a malária será lançada em 2018