Previsão do tempo
21°
Predomínio de Sol

Manhã da Fronteira

Sandro Barcelos

Super Manhã 94

Adriana Riva

Notícias
Geral
Faltam 5 dias para 1º turno: eleitor não pode ser preso, mas há exceções

Hoje é dia 2 de outubro e faltam 5 dias para o primeiro turno das eleições 2018.

Mais de 147 milhões de brasileiros estão aptos a participar da escolha do novo Presidente da República e também, em cada estado, do governador, de dois senadores e de dois deputados: um federal e outro estadual.

A partir de hoje e até 48 horas após o encerramento do primeiro turno, que será no dia 7 de outubro, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, conforme determina o Código Eleitoral.

No entanto, há exceções. As prisões podem ocorrer em 3 situações.

A primeira é o flagrante, que é a detenção que acontece no momento de um crime.

O eleitor também pode ser preso se receber uma sentença que o condene por um crime inafiançável, como racismo e tráfico de drogas, por exemplo.

E a terceira situação que leva o eleitor para a cadeira mesmo neste período, conforme a Justiça Eleitoral, é o desrespeito a salvo-conduto.

O salvo-conduto eleitoral é uma garantia dada para o eleitor que o impede de sofrer qualquer tipo de coação antes ou depois de votar.

Desrespeitar o salvo-conduto é impedir ou atrapalhar o exercício do direito ao voto.

Veja Também
Geral
Barracão – Ginástica gratuita para mulheres
Geral
Fachin libera para julgamento recurso de Lula contra decisão que negou liberdade ao petista
Polícia
PM apreende carga de lança-perfume avaliada em R$ 600 mil
Saúde
Vacina da gripe: municípios com estoque ampliam grupo com indicação de dose gratuita
Economia
Consumo mundial de café deve crescer 25 milhões de sacas na próxima década
Geral
Mega-Sena pode pagar R$ 22 milhões nesta quarta-feira