Previsão do tempo
19°
30°
Parcialmente Nublado

Ave Maria

Paróquia de Barracão

Som Brasil

Laudinor Dalvani

Notícias
Geral
Eleitor que não votar neste domingo deve se justificar à Justiça Eleitoral até 6 de dezembro

Falta pouco para o primeiro turno das eleições.

Neste domingo, mais de 140 milhões de brasileiros devem ir as urnas escolher novos representantes.

Conforme previsto na Constituição Federal, o voto é obrigatório, aqui no país, para os cidadãos alfabetizados maiores de 18 anos e menores de 70 anos.

E quem não pode comparecer a sua seção de votação no dia do pleito, deve justificar o voto.

A justificativa pode ser feita no dia da votação ou depois.

Para justificar a ausência no domingo mesmo, o eleitor deve comparecer a uma zona eleitoral onde haverá recebimento de justificativas. Tem apresentar documento oficial com foto e o título de eleitor ou o número do documento e preencher ou levar já preenchido o formulário de justificativa eleitoral.

Quem deixar para justificar depois deve preencher o formulário de justificativa pós-eleição e entregá-lo em qualquer cartório eleitoral.

O prazo para justificar a ausência no 1º turno das Eleições deste ano termina no dia 6 de dezembro.

Os formulários podem ser obtidos no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Se perder o prazo, o eleitor terá que pagar multa para regularizar a situação.

Lembrando que, quando está em débito com a Justiça Eleitoral, o cidadão não pode, por exemplo, tirar ou renovar passaporte e nem prestar concurso público,entre outras consequências.

Veja Também
Geral
Música pode ter o mesmo efeito que anestesia na hora de fazer um tratamento dentário
Geral
Últimos dias para inscrição no concurso do IBGE
Geral
Consórcio Intermunicipal da Fronteira entrega novo hospital para a população de Barracão, Bom Jesus do Sul e Dionísio Cerqueira
Geral
Receita libera consulta ao 1º lote de restituições do Imposto de Renda de 2017
Geral
SDR Dionísio Cerqueira assina ordem de serviço para elaboração do projeto de reforma da EEB Cedrense
Política
TSE barra criação de Partido Nacional Corinthiano