Previsão do tempo
25°
33°
Parcialmente Nublado
Notícias
Geral
Ativistas que lutam contra a violência sexual dividem o Nobel da Paz 2018

O Nobel da Paz 2018 vai para dois ativistas, um homem e uma mulher, que lutam contra a violência sexual.

Um dos vencedores é Denis Mukwege, médico ginecologista do Congo, na África, que, com sua equipe, já cuidou de cerca de 30 mil vítimas de violência sexual e tem grande experiência no tratamento de lesões sexuais graves.

A outra vencedora do Nobel da Paz é Nadia Murad, uma sobrevivente da escravidão sexual imposta pelo Estado Islâmico no Iraque.

Ela tem 25 anos e foi escrava sexual por 3 meses.

Depois que escapou dos terroristas, em 2014, liderou uma campanha para impedir o tráfico de seres humanos.

O comitê do Nobel escolheu os dois vencedores deste ano em uma lista com 216 indivíduos e 115 organizações.

Segundo o comitê, Denis e Nadia foram escolhidos para passar a mensagem ao mundo de que (abre aspas) as mulheres, que constituem a metade da população, são usadas como armas de guerra e precisam de proteção; e que os responsáveis devem ser responsabilizados e processados por suas ações (fecha aspas)

O valor do prêmio Nobel da Paz é de 9 milhões de coroas suecas, cerca de 1 milhão de dólares, ou, aproximadamente, 4 milhões de reais.

Cada um dos vencedores fica com metade do valor.

Veja Também
Polícia
Homem morre depois de ser agredido com tamanco, diz polícia
Política
Justiça determina o bloqueio de bens do Prefeito de Santa Helena, advogados e escritórios de advocacia
Geral
Desemprego registra leve recuo em maio, diz Dieese
Polícia
Ossada humana é encontrada dentro de um galpão em Sarandi/PR
Polícia
Polícia Militar de Dionísio Cerqueira registra ameaça no Bairro Três Fronteiras
Geral
Iniciados os Trabalhos de manutenção das BR's 163 e 282