Previsão do tempo
22°
32°
Predomínio de Sol

Prefeitura Municipal de Manfri

Assessoria

Encontro de Bandas

Laudinor Dalvani

Notícias
Política
Nova eleição para prefeito em Criciúma e Balneário Rincão será em 3 de março de 2013

 

O presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC), desembargador Eládio Tonet Rocha, confirmou no início da tarde de ontem que os municípios de Criciúma e Balneário Rincão terão eleições suplementares para prefeito em 3 de março de 2013. A medida, garante um período mínimo de 50 dias para que o tribunal se organize e os partidos que pretendem entrar na disputa façam suas campanhas. Nas duas cidades do Sul do Estado, os candidatos mais votados, Clésio Salvaro (PSDB) em Criciúma e Décio Góes (PT) em Rincão,  foram barrados pela Lei da Ficha Limpa. Ambos já recorreram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que manteve as respectivas condenações e determinou a realização de nova eleição nos dois municípios, — a lei estipula: há eleições suplementares em casos onde o candidato impugnado pela Ficha Limpa tenha conquistado mais de 50% dos votos válidos.

Clésio obteve 76,4% dos votos válidos. Décio, 50,3%. O desembargador alega que não há tempo hábil para realizar um novo pleito nos dois municípios ainda neste ano. O presidente não quis se manifestar sobre uma eventual reversão das decisões pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Além de Criciúma e Balneário Rincão, outros cinco municípios podem ter nova eleição para prefeito. Em todas as sete, quem assume o comando da cidade no dia 1º de janeiro de 2013 será o presidente da Câmara de Vereadores.

Veja Também
Polícia
Em duas abordagens, equipe PM de Francisco Beltrão localiza foragidos da justiça
Geral
Orçamento prevê até 24,8 mil vagas para concursos no Executivo em 2015
Educação
Professores do Paraná decidirão rumos da greve na terça-feira
Geral
Município de Bom Jesus do Sul entrega de forma oficial patrulha agrícola mecanizada
Polícia
Corpo de Bombeiros Militar abre concurso público em Santa Catarina
Geral
Governo federal lança plano contra a pesca ilegal no Brasil