Previsão do tempo
19°
Parcialmente Nublado

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
Tecnologia
WhatsApp pode liberar em breve recurso que permite rejeitar convite para ser incluído em grupo

Um novo recurso pode chegar em breve nos WhatsApp.

Um recurso, aliás, desejado por muitos usuários: a possibilidade de rejeitar convites para grupos.

Ou seja, se não quiser, você não será mais incluído, à revelia, naquele grupo da família, da escola dos filhos ou do condomínio, por exemplo.

O que pode evitar aquela situação, digamos, constrangera de querer abandonar um grupo, mas ficar sem jeito de apertar o botão para sair ou a de ser adicionado em um grupo cheio de desconhecidos, algo que não é incomum entre os usuários do famoso aplicativo de troca de mensagens.

A nova ferramenta, segundo informações do site WABetaInfo, já está liberada em contas empresariais do WhatsApp e, embora não haja nenhuma data confirmada para que seja liberada a todos os usuários, a expectativa é que não demore.

Ainda de acordo com o que foi divulgado o recurso vai poder ser habilitado pelo usuário nas configurações de privacidade.

No campo Grupos, que vai aparecer, a pessoa vai poder escolher quem pode incluí-la a grupos. Serão 3 opções, como já acontece, por exemplo, com as opções “visto por último” ou “foto de perfil”: todos, meus contatos ou nenhum.

Se escolher nenhum, você vai receber uma solicitação para aceitar ou não participar de um grupo, com prazo de 72 horas para a decidir.

Isso também vai acontecer se você escolher que apenas os seus meus contatos podem te adicionar em grupos e uma pessoa cujo telefone não estiver salvo na sua agenda tentar te adicionar.

Veja Também
Política
Comissão de Ética decide apurar uso de aviões da FAB por 9 ministros
Política
Indagado sobre Onyx, Bolsonaro diz que vai usar caneta se houver 'denúncia robusta'
Polícia
Rapaz é preso no Paraná por suspeita de abuso sexual contra dez meninos
Geral
Aeroportos internacionais de Manaus, Viracopos e Brasília são os três melhores do país
Geral
Começa hoje o pagamento da primeira parcela do 13º dos aposentados e pensionistas
Geral
Previsão piora e economia brasileira deve crescer 1,45%, em 2019