Previsão do tempo
15°
17°
Chuva pela Manhã
Notícias
Geral
Atos em todo Paraná e reunião com parlamentares marcam dia de mobilização em defesa do IFPR
Recursos já destinados são suficientes até julho

O dia 13 de maio foi de mobilização em todo o IFPR. Em diversas sedes da instituição, como em Curitiba, Goioerê, Palmas, Foz do Iguaçu, Ivaiporã, entre outras, estudantes e servidores estiveram juntos em defesa da educação pública e pela reversão ao bloqueio de 30% de orçamento para os institutos federais e universidades. Assim como a campanha #SomosTodosEducadores, a mobilização teve o propósito de defender a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e demonstrar o impacto social positivo que as ações do Instituto Federal do Paraná têm nas localidades em que está inserido.

Parlamentares do Paraná foram acionados

O dia também foi de ação política. Além da sensibilização da opinião pública, é fundamental alertar os parlamentares do Paraná em relação ao impacto que o bloqueio de 30% do orçamento representa para as instituições. Por isso, a UFPR promoveu, na segunda, dia 13 de maio, um encontro entre os reitores da UFPR, IFPR, Unila e UTFPR para articular e mobilizar forças contra o corte de recursos, enfatizando o impacto que a medida terá para mais de 102 mil estudantes em todo o Paraná. Apenas no Paraná serão atingidos mais de 33 mil alunos, na UFPR e UTFPR, seis mil na Unila e 30 mil do IFPR.  No IFPR, o bloqueio significa um impacto de R$ 20.895.166,00, o que, em média, corresponde a 36% do orçamento discricionário, em ações como capacitação e funcionamento (custeio, investimento e expansão).

O reitor pro tempore Odacir Antonio Zanatta, do IFPR, enfatizou que 50% das vagas ofertadas pelo Instituto no Processo Seletivo são para o ensino médio, principalmente para cursos técnicos integrados e 20% para licenciaturas. Além disso, todos os cursos são gratuitos e destinam 80% de vagas à inclusão.

Caso o bloqueio de recursos seja mantido, as consequências serão drásticas para a manutenção das atividades.

A estimativa é de que os recursos já liberados pelo governo federal são suficientes para a manutenção das atividades regulares da instituição até julho deste ano.

Veja Também
Geral
Número de eleitores jovens, com 16 e 17 anos, que não têm obrigação de votar, despenca
Saúde
Maioria das mulheres desconhece a endometriose, uma das principais causas de infertilidade
Geral
Dionísio Cerqueira se prepara para a realização da Feira do Livro
Geral
Governo deve lançar mão de R$ 5 bi para suprir novo bloqueio no Orçamento, que será anunciado hoje
Geral
ACAMSOP-13 promove palestra motivacional
Geral
'Dia Mundial do Rim' chama a atenção para hábitos saudáveis