Previsão do tempo

Fronteira no Esporte

Alisson Júnior

Clássicos da 94

Maria Eduarda

Notícias
Geral
Mensagens que circulam nas redes sociais espalham boatos sobre as mudanças na Previdência

A reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional, deve mudar as regras de aposentadoria em breve.

Muita gente ainda tem dúvidas sobre as mudanças e há pessoas de má fé se aproveitando da situação.

Circulam no WhatsApp e em redes sociais, mensagens e áudios que falam sobre o fim de alguns benefícios e reajustes.

A Secretaria da Previdência, órgão ligado ao Ministério da Economia, no entanto, garante que muitas das informações são falsas.

Em nota, afirma que a Proposta de Emenda à Constituição, ou PEC, da Nova Previdência não muda nada, por exemplo, com relação ao seguro-desemprego. As mensagens que se espalham dizem que ele vai acabar.

Além disso, sobre o suposto fim do abono salarial, a Previdência esclarece que o texto, já aprovado em primeiro turno na Câmara dos Deputados, estabelece o pagamento do benefício aos trabalhadores com renda mensal de até mil, 364 reais e 43 centavos.

A Secretaria afirma, ainda, que a Nova Previdência não altera as regras de reajuste dos benefícios já previstas na Constituição Federal e mantém os reajustes anuais, com base na inflação.

Também desmente informações de que aposentados poderão receber abaixo do salário-mínimo e que as empresas deixarão de contribuir com a Previdência.

As discussões sobre as mudanças nas regras da aposentadoria devem ser retomadas no Congresso no começo de agosto, após o recesso parlamentar.

A Câmara ainda precisa aprovar o texto em segundo turno para enviar ao Senado.

Lá, a proposta também precisará ser analisada e votada em dois turnos.

Veja Também
Economia
Compra de moeda estrangeira vai ficar mais cara a partir desta terça
Geral
Dionísio Cerqueira será sede do 4º Encontro Internacional de Motos Viageiros
Geral
Nova resolução permite que viagens de ônibus sejam remarcadas em cima da hora com cobrança de multa
Geral
Mega-Sena acumula pela 5ª vez e pode pagar R$ 67 milhões
Geral
Em maio, preço médio do aluguel aumenta pelo 6º mês seguido
Polícia
População pode denunciar abusos contra crianças neste carnaval pelo Disque 100