Previsão do tempo
17°
25°
Predomínio de Sol

Musical

Notícias
Geral
Dilma quer Lei Seca mais rígida já neste Natal
A intenção é ajudar a reduzir a alta taxa de acidentes no período entre o Natal e o carnaval.

 

O governo federal quer que o novo texto da Lei Seca, com punições mais duras para motoristas alcoolizados, entre em vigor ainda neste ano, a tempo de reforçar a Operação Rodovida, que iniciou no sábado (15) em todo o país.

A intenção é ajudar a reduzir a alta taxa de acidentes no período entre o Natal e o carnaval.

Aprovado na Câmara, o novo dispositivo incrimina o condutor que se recusa a fazer o teste do bafômetro e eleva a multa por embriaguez para R$ 1.915,40.

Por orientação da presidente Dilma Rousseff, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, apelou para que a bancada do governo no Senado não altere o texto.

Alguns senadores, porém, propõem medidas ainda mais duras, como a tolerância zero.

Pela nova legislação, condutores que se recusarem a fazer o teste poderão ser enquadrados criminalmente.

A alcoolemia será demonstrada por "exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova admitidos em direito".

Em caso de reincidência no período de um ano, o valor da multa passa para R$ 3.830,80.

Veja Também
Geral
Governo Bolsonaro definirá novas regras para a entrada de imigrantes no país
Geral
Número de doadores de órgãos cresce 7%
Paraná
Governador Beto Richa reúne Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná
Saúde
Servidores do INSS decidem paralisar as atividades psara pressionar reajuste
30
Ex-prefeita de Dionísio é a nova Diretora Geral da SDR/DC
Tecnologia
WhatsApp pode liberar em breve recurso que permite rejeitar convite para ser incluído em grupo