FIESC defende concessão da Aduana Integrada de Dionísio Cerqueira
O anuncio foi feito pelo Presidente da Federação em visita ocorrida na quinta-feira (30).
Publicado em 01 de agosto de 2020
Compartilhar
A- A A+

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) vai debater com a Secretaria da Fazenda e com exportadores e importadores uma solução para as limitações da Aduana Integrada de Dionísio Cerqueira.

O anúncio foi feito pelo presidente da Federação, Mario Cezar de Aguiar, que esteve em visita ao local nesta quinta-feira (30).

“Esperamos que brevemente haja uma concessão para que a iniciativa privada possa explorar a Aduana” disse Aguiar, defendendo um antigo pleito regional e que daria vazão à crescente demanda pelos serviços aduaneiros na tríplice fronteira – Santa Catarina, Paraná e a Argentina.

A capacidade atual de atendimento é de 1,3 mil caminhões mensais, mas já chegou a ser de 2,2 mil.

Fonte: Ascom
Fotos
Comentários