Previsão do tempo
21°
31°
Possibilidade de Pancadas de Chuva à Tarde

Chimarreando com a Fronteira

Loreno da Silva

Som Brasil

Loivo Miguel

Notícias
Saúde
Brasil está mais perto do fim da epidemia de Aids
As taxas de transmissão estão caindo e o tratamento está se expandindo

 

Médico brasileiro acredita que o país está mais perto do fim da epidemia de Aids.

Nomeado vice-diretor do Programa de Aids das Nações Unidas, o epidemiologista Luiz Loures, acredita que, dentro de 15 anos, nós vamos poder falar sobre o fim da epidemia do vírus HIV. Segundo ele, as taxas de transmissão estão caindo e o tratamento está se expandindo. No entanto, o especialista afirma que a Aids vai continuar existindo, mas não de forma epidêmica. Loures também acha que o Brasil tem condições de ser um dos primeiros países do mundo a dizer que tem a doença sob controle.

Isso porque o tratamento em nosso país começou mais cedo. Para o epidemiologista, a grande dificuldade na prevenção e tratamento da Aids é o acesso ao teste. Apesar das campanhas realizadas atualmente, ainda existe um número grande de pessoas que não tem conhecimento. Para alcançar o fim da epidemia no mundo, o médico ressalta ainda que é necessário ampliar as ações e ir além da ciência.

Segundo ele, o fim da epidemia da Aids é um debate político, de prioridade social.

 

 

 

Veja Também
Polícia
Réu do caso “Dalmar Libardoni’ é preso a uma semana do júri
Polícia
109,8 mil concorrem para 1 mil vagas de policial na PRF
Economia
Vendas nas farmácias somam R$ 10 bi nos primeiros 4 meses do ano
Geral
Miguel e Alice foram os nomes mais registrados no país em 2017
Geral
Jovens que nasceram em 1995 devem fazer o alistamento militar até junho
Polícia
Cinco pessoas morrem em acidente na BR-272