Notícias
Geral
Maioria dos latino-americanos não sabe reconhecer fake news

Identificar com certeza se uma notícia veiculada na internet é verdadeira ou falsa é difícil para 70 por cento dos latino-americanos.

A conclusão é do estudo Iceberg Digital, desenvolvido pela empresa de segurança digital global Karsperski, em parceria com a empresa de pesquisa Corpa.

No levantamento, 16 por cento dos entrevistados admitiram que desconhecem o termo fake news e 47 por cento que não sabem o que ele significa.

Já no Brasil, apenas dois por cento afirmaram que não conhecem a expressão, o que mostra que por aqui a expressão é popular.

Entre os participantes, os cidadãos do Peru são os que menos conseguem perceber que uma notícia é falsa, com um índice de 79 por cento.

Em seguida aparecem os colombianos, com 73 por cento, e os chilenos, com 70 por cento. Argentinos e mexicanos obtiveram o mesmo índice, de 66 por cento, e os brasileiros, de 62 por cento.

O estudo faz parte da campanha de conscientização Iceberg Digital e pretende analisar a situação da segurança dos internautas da América Latina.

O objetivo fazer com que os usuários saibam reconhecer os perigos que se escondem na internet, para ficar longe de ciberataques, e aprendam a distinguir o que é real ou falso nas notícias que recebem.

Veja Também
Geral
Após manifestação do Prefeito Marco Zandoná de Barracão em relação à invasão registrada em terreno público no Bairro Alvorada, o Vereador de oposição
Geral
Prefeito Tiago Gnoatto de Dionísio Cerqueira, durante à visita do Governador ao município na última semana
Geral
Bom Jesus do Sul realiza à 1ª Amostra da Bezerra Leiteira.
Polícia
Operador morre esmagado por rolo compressor em São José do Cedro
Polícia
Polícia prende suspeito por estupro de mulher na saída de danceteria
Polícia
D.C – Acidente de trânsito deixa motociclista ferido