Previsão do tempo
10°
24°
Predomínio de Sol

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
INSS consegue analisar metade dos pedidos de auxílio-doença encaminhados durante a pandemia

Mais de meio milhão de brasileiros apresentaram pedidos de auxílio-doença após o início da pandemia de coronavírus.
De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, até o início desta semana foram 541 mil solicitações.
Desse total, cerca de 220 mil foram avaliadas pelo órgão até agora.

O presidente do INSS, Leonardo Rolim, informa que 75 mil pedidos foram deferidos, 105 mil indeferidos e 39 mil estavam sem os atestados médicos.

O documento é necessário para o recebimento antecipado de um salário mínimo, autorizado pelo órgão enquanto não é possível fazer a perícia.

As informações foram dadas por Rollim durante audiência pública, por meio de videoconferência, na comissão externa da Câmara dos Deputados que discute medidas para enfrentar o corornavírus.

O presidente do INSS esclareceu que a demora nas análises foi provocada por problemas no sistema, o que é normal por ser um novo modelo de trabalho.
De acordo com a Agência Câmara, ele acredita que nos próximos dias o volume de pedidos de auxílio-doença analisados vai aumentar consideravelmente.

Veja Também
Economia
Pela primeira vez desde 2008, o número de empresas recua no Brasil
Geral
Conheça os parlamentares campeões de dívidas com a Previdência
Geral
Ato pacífico marca mobilização SOS BR-163 em São José do Cedro
Política
Popularidade do governo Dilma cai para 36%
Geral
Sobe a participação de importados no mercado nacional
Polícia
Policial executado por terroristas era muçulmano