Previsão do tempo
20°
31°
Parcialmente Nublado
Notícias
Saúde
Municípios da região mobilizados para atingir metas na Campanha de Vacinação contra a gripe
Devem tomar a vacina pessoas com 60 anos ou mais, crianças entre 6 meses e 2 anos e mulheres grávidas e no período de 45 dias após o parto

 

Começou ontem em todo o Brasil, a Campanha de Vacinação contra a gripe.  Até o dia 26 de abril cerca de 65 mil postos de saúde em todo o país vão oferecer a imunização gratuita.

Devem tomar a vacina pessoas com 60 anos ou mais, crianças entre 6 meses e 2 anos e mulheres grávidas e no período de 45 dias após o parto. Os portadores de doenças crônicas também vão receber a dose, mas precisam apresentar uma prescrição médica.

Completam o grupo prioritário profissionais de saúde, índios e detentos. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 32 milhões de pessoas na campanha contra a gripe deste ano. No município de Bom Jesus do Sul, a meta é imunizar 1004 pessoas, conforme destaca a enfermeira Graciane Cogo.

Para atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, Graciane informa que foram elaborados roteiros em Bom Jesus do Sul. Nesta segunda-feira às visitas já começaram. De acordo com Graciane, até o sábado dia D, a expectativa é que a meta possa estar próxima de ser cumprida.

A vacinação diminui em até 45 por cento o número de internações por pneumonia. A mortalidade por complicações da gripe cai até 75 por cento. Em Salgado Filho, o Secretário de Saúde Helton Pfeifer afirmou a meta do Ministério é de 80% mas o município trabalhará para atingir 100% de imunizações.

O Secretário também observa o roteiro que será seguindo no município de Salgado Filho. No município vizinho, Manfrinópolis/PR, o grupo prioritário já foi mapeado por faixa etária e de acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Amarildo Carneiro, a equipe de saúde já está mobilizada para atingir a meta de vacinação.

Como regra em todos os municípios do país, o Ministério da Saúde orienta às pessoas para levem a carteira de saúde para que os profissionais possam manter as anotações em dia no documento.  E também, caso alguma vacina não esteja em dia, as equipes de saúde poderão aplica-las.

Veja Também
Geral
13° cavalgada de Santa Emília tem mudanças em sua programação.
Geral
Governo vai limitar a criação de novas faculdades de direito
Polícia
PM desocupa fazendo invadida por integrantes do MST
Geral
Incentivos ampliam oferta de voos domésticos e internacionais
Geral
Prazo para Governo regularizar benefícios fiscais em SC é curto.
Política
TRE-SC pede afastamento do prefeito e do vice-prefeito de Xavantina