Previsão do tempo
24°
34°
Predomínio de Sol

Manhã da Fronteira

Jeferson Rodrigues

Super Manhã 94

Adriana Riva

Notícias
Polícia
PF apreende caminhões com sucata de cobre
Policiais federais da delegacia de polícia de Dionísio Cerqueira/SC, prenderam duas pessoas, moradoras em Arapongas/PR

Policiais federais da delegacia de polícia de Dionísio Cerqueira/SC, prenderam duas pessoas, moradoras em Arapongas/PR, pelo descaminho de “sucata de cobre”. O material foi introduzido no país a partir da Argentina, o que configura o crime de descaminho (art. 334 do CP).   Os policiais realizavam fiscalização de rotina da Operação Sentinela, na linha de fronteira, no município de Santo Antonio do Sudoeste/PR, quando perceberam veículos se dirigindo em direção à Argentina. Quando os veículos voltavam, foram abordados e constatou-se que em dois caminhões, um Mercedes Benz e um Ford Cargo, eram transportadas aproximadamente 23 toneladas de “resíduos de cobre” (sucata). Apurou-se que um dos presos é administrador de uma empresa de sucata na cidade de Arapongas e o outro era funcionário da mesma empresa. Vieram a esta região buscar o carregamento no vizinho país, já com notas fiscais preenchidas para “esquentar” a carga. A carga e os caminhões serão encaminhados para a Receita Federal visando o processo fiscal de perdimento.

Mais

Vale ressaltar que na semana que passou foram aprendidos três caminhões. Todos transitando entre a Argentina e o Brasil por “carreiros” que haviam sido recentemente fechados em Operação da Polícia e da Receita Federal cerqueirenses.

Veja Também
Polícia
Jovem de Dionísio Cerqueira morre em acidente de trânsito na BR-163 em São José do Cedro
Geral
Ministros terão de se explicar sobre inclusão de familiares em camarote da Petrobras na F-1
Geral
Gleisi, Aníbal Gomes e Raupp serão os próximos a serem julgados na Lava Jato pelo STF
Geral
1º Seminário do Leite e a 1ª Amostra da Bezerra
Polícia
Adolescente agride a mãe e investe contra a PM em Dionísio Cerqueira
Geral
Consumidor com faturas da Celesc em atraso entre R$ 450 e R$ 3 mil pode parcelar dívida pela internet