Previsão do tempo
16°
28°
Parcialmente Nublado

Nossa Terra Nossa Gente

Doalcei Alves

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Saúde
Idade máxima para doar sangue no Brasil aumenta para 69 anos
Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C

Ministério da Saúde amplia de 67 para 69 anos a idade máxima para a doação de sangue.

A medida segue o padrão já adotado em muitos países e aumenta em dois milhões o número de potenciais doadores no Brasil. A idade mínima já havia sido reduzida no ano passado, de 18 para 16 anos.

Hoje, o índice de doação de sangue no país é de 1,8 por cento, percentual considerado normal pela Organização Mundial de Saúde, a OMS, mas o governo quer chegar a 3 por cento.

Além de ampliar a faixa etária dos doadores, o Ministério da Saúde também anunciou a universalização de um novo exame nas bolsas coletadas.

Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C.

Com uma tecnologia diferente, ele reduz a “janela imunológica”, que é o tempo em que os vírus passam despercebidos pelos exames.

 

Veja Também
Polícia
PRF inicia Operação Proclamação da República nesta sexta-feira
Ciência
Temperatura do planeta pode aumentar 4ºC
Polícia
Assalto à mão armada é registrado no interior de Dionísio Cerqueira
Geral
Santa Catarina se torna o segundo maior exportador de mel do país
Polícia
Caos na BR-163 em SC: Mais de 150 acidentes são registrados por ano
Geral
Famílias ficam desabrigadas após a passagem de forte temporal em Barra Bonita