Previsão do tempo
14°
24°
Variação de Nebulosidade
Notícias
Saúde
Idade máxima para doar sangue no Brasil aumenta para 69 anos
Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C

Ministério da Saúde amplia de 67 para 69 anos a idade máxima para a doação de sangue.

A medida segue o padrão já adotado em muitos países e aumenta em dois milhões o número de potenciais doadores no Brasil. A idade mínima já havia sido reduzida no ano passado, de 18 para 16 anos.

Hoje, o índice de doação de sangue no país é de 1,8 por cento, percentual considerado normal pela Organização Mundial de Saúde, a OMS, mas o governo quer chegar a 3 por cento.

Além de ampliar a faixa etária dos doadores, o Ministério da Saúde também anunciou a universalização de um novo exame nas bolsas coletadas.

Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C.

Com uma tecnologia diferente, ele reduz a “janela imunológica”, que é o tempo em que os vírus passam despercebidos pelos exames.

 

Veja Também
Polícia
PM cerqueirense autua motoristas sem habilitação
Saúde
Campanha de vacinação contra a poliomielite começa no sábado
Polícia
Polícia Civil de SMO cumpre mandados de Prisão Preventiva de suspeitos na “Operação Paraíso”
Polícia
Carro e caminhão se envolvem em acidente no Trevo de Idamar
Polícia
Barracão: Condutor é notificado por realizar manobras perigosas no centro da cidade
Geral
Lei endurece penas contra organizações criminosas