Previsão do tempo
23°
28°
Nublado e Pancadas de Chuva

Manhã da Fronteira

Itamar Soares

Super Manhã 94

Adriana Riva

Notícias
Saúde
Idade máxima para doar sangue no Brasil aumenta para 69 anos
Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C

Ministério da Saúde amplia de 67 para 69 anos a idade máxima para a doação de sangue.

A medida segue o padrão já adotado em muitos países e aumenta em dois milhões o número de potenciais doadores no Brasil. A idade mínima já havia sido reduzida no ano passado, de 18 para 16 anos.

Hoje, o índice de doação de sangue no país é de 1,8 por cento, percentual considerado normal pela Organização Mundial de Saúde, a OMS, mas o governo quer chegar a 3 por cento.

Além de ampliar a faixa etária dos doadores, o Ministério da Saúde também anunciou a universalização de um novo exame nas bolsas coletadas.

Um teste chamado NAT passa a ser obrigatório em toda a coleta e reforça o controle de HIV e de Hepatite C.

Com uma tecnologia diferente, ele reduz a “janela imunológica”, que é o tempo em que os vírus passam despercebidos pelos exames.

 

Veja Também
Geral
Assaltos praticados com lançamento de pedras e paus no para-brisa aterrorizam motoristas
Geral
PRF prende contrabandista na BR 163
Política
Após decisão do STF, Justiça Eleitoral decide manter composição da Câmara dos Deputados
Geral
Situação de emergência é decretada devido a estragos causados por temporal
Geral
Acidente com quatro veículos deixa um morto e seis feridos no Paraná
Esportes
Jogos Escolares, Etapa Regional Oeste, iniciam em São Lourenço