Previsão do tempo
19°
23°
Possibilidade de Pancadas de Chuva

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Geral
Governo federal atrasa pagamento para melhorar contas do ano passado
O atraso garantiu um aumento virtual de um bilhão e meio de reais nos cofres públicos

Para engordar a poupança e fechar ano com mais dinheiro no caixa, o governo federal adiou em três dias um pagamento do Minha Casa Minha Vida. O atraso garantiu um aumento virtual de um bilhão e meio de reais nos cofres públicos.

No último dia 3, essa quantia foi paga pelo Tesouro Nacional à Caixa Econômica Federal como parte dos subsídios do programa habitacional programa habitacional.

O dinheiro estava reservado no Orçamento do ano passado e o processo de liberação estava em andamento desde julho, quando foi feito o empenho, a primeira etapa do gasto público. Mas a despesa -uma simples transferência de recursos para um banco estatal- ficou para a contabilidade de janeiro de 2014.

O Tesouro afirma que as despesas do programa estão condicionadas à medição física da obra, e não a eventual empenho de recursos e nega que a intenção tenha sido engordar o saldo fiscal. O episódio serve como demonstração dos mecanismos à disposição do governo para represar gastos e exibir, nas estatísticas oficiais, resultados mais favoráveis para as contas públicas. 

Veja Também
Polícia
Ameaça esposa com arma de fogo e acaba preso pela Policia Militar de Santo Antonio do Sudoeste
Economia
Retomada da safra de cana reduz preço do álcool
Geral
Sol, Terra e Lua vão se alinhar sexta-feira no eclipse lunar mais longo do século
Política
'Aumento de tributo é só em última hipótese', diz Temer
Educação
Projeto especifica que educação domiciliar não é abandono intelectual
Polícia
Vizinhos rendem homem que tentou estuprar duas crianças