Previsão do tempo
22°
24°
Pancadas de Chuva a Tarde

Brasil de Sul a Norte

Loreno da Silva

Notícias
Polícia
Apreensão de bebidas e cigarros nas rodovias federais bate recorde
Trata-se de um aumento de 26% em relação a 2012 (quando foram efetuadas 26.709 prisões).

O número de apreensões de cigarro e bebida nas rodovias federais do país em 2013 é o maior já registrado pela Polícia Rodoviária Federal. São 289 mil litros de bebidas irregulares e 6 milhões de pacotes de cigarro ilegais. Os dados serão apresentados pela corporação nesta segunda-feira (24), em Brasília. O número de apreensões de cigarro em 2013 é 82% maior que o de 2012 (quando foram apreendidos 3,3 milhões de pacotes).

Como houve uma fiscalização maior nas fronteiras, outros tipos de apreensão também cresceram. Bateu recorde o número de bebidas apreendidas – o aumento em relação a 2012 chega quase a 200%. Os números de armas encontradas (1.756), de toneladas de maconha apreendidas (117,7) e de veículos recuperados (5.122) também são os maiores desde 2005, quando os dados passaram a ser compilados e tabulados pela corporação.

Um dos índices que registraram a maior queda foi o de CDs e DVDs apreendidos: de 2,3 milhões de unidades, em 2012, para 914 mil, em 2013 (uma diminuição de 61%). Para a PRF, isso se explica pelo fato de o mercado pirata no Brasil ser tão grande que já não há tanto interesse em contrabandear o produto de outros países. O número de prisões também é recorde: 33.616 detidos durante todo o ano passado. Trata-se de um aumento de 26% em relação a 2012 (quando foram efetuadas 26.709 prisões).
 

Veja Também
Economia
Cerca de 59 milhões de brasileiros estão endividados, número considerado recorde
Polícia
Duas residências são arrombadas em DC
Economia
Custo de vida do brasileiro deve fechar o ano 8,46% maior
Saúde
Tratamento precoce do HIV cura até 15% dos pacientes
Polícia
Jovem que matou ex no ato sexual tem pena reduzida de 13 para 8 anos em RO
Economia
Chuva prejudica colheita de cana e faz preço do álcool subir