Previsão do tempo
24°
34°
Predomínio de Sol

Manhã da Fronteira

Jeferson Rodrigues

Super Manhã 94

Adriana Riva

Notícias
Polícia
Gilmar Reolon foi condenado a 150 de reclusão
Os crimes ocorreram entre maio de 2009 e fevereiro de 2010, sendo o pai o primeiro a ser morto

O homem que matou seis pessoas, sendo cinco da família dele, foi condenado há 150 anos reclusão (prisão em regime fechado), em julgamento realizado nesta quinta-feira (03) no Tribunal do Júri da Comarca de Francisco Beltrão/PR.

GILMAR DE JESUS REOLON, 49 anos, matou o pai Otávio Reolon, 66 anos, a sogra Petronília Casanova, a esposa Gema Casanova Reolon, 45 anos, os filhos Jean Luca Reolon, 08 anos, e Giseli Indianara Reolon, 14 anos, e a vizinha Indiamara Pereira dos Santos, 13 anos. Os crimes ocorreram entre maio de 2009 e fevereiro de 2010, sendo o pai o primeiro a ser morto.

Por decisão da Juíza da Vara Criminal Juliane Veloso Stankevecz, os processos foram unificados e julgados em um único dia. O julgamento de ontem começou às 09h e terminou às 21h.

Por cada crime cometido, Gilmar foi condenado a 30 anos de reclusão, o que elevou a pena para 180 anos. Mas como houve quatro crimes em um mesmo local, envolvendo a família, existe um dispositivo legal do Código Penal (artigo 69) que permite que crimes cometidos no mesmo contexto, local e modo, sejam considerados como continuidade do outro, foi atribuída a pena de 90 anos para os quatro crimes envolvendo a família, mais 30 anos para a morte do pai e mais 30 para a morte de Indiamara, totalizando 150 anos de reclusão em regime fechado.

Acontece que no Brasil a legislação não permite que condenado fique mais que 30 anos na prisão e, tendo Reolon já cumprido um ano de pena, ficará mais 29 anos na prisão.

As famílias Casanova e Reolon, acompanharam o julgamento e se mostraram aliviadas em parte, mas queriam uma condenação maior.

O plenário do Tribunal do Júri ficou completamente lotado do começo ao final do julgamento. Após o encerramento dos trabalhos, Gilmar Reolon foi levado para a Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, onde cumprirá a pena.

Veja Também
Polícia
Brasil passa a ser destino do tráfico de pessoas
Polícia
Argentino furta rodas e pneus de veículo em oficina de Barracão
Saúde
D. Cerqueira - Secretaria de Saúde realiza capacitação aos profissionais de saúde
Polícia
Agricultor é morto a tiros no interior de Campo Erê
Polícia
Jovem de Pinhal de São Bento morre em acidente no RS
Geral
Temer empossa três novos ministros do governo