Previsão do tempo
22°
25°
Pancadas de Chuva a Tarde

Jornal da Manhã

Cláudio Saccol

Bom dia Fronteira

Jeferson Rodrigues

Notícias
Geral
Quem atrasar a parcela do financiamento pode perder o carro em três meses

Já está em vigor a regra que facilita a recuperação de veículos com atraso nas parcelas de financiamento. A nova lei reduz a burocracia e vai permitir que o prazo de retomada do carro, que hoje é de mais de um ano, passe a ser de cerca de três meses.

As normas aprovadas eliminam etapas do processo judicial, reduzem os custos e trazem maior segurança jurídica.

Cálculos das financeiras mostram que recuperar um automóvel em inadimplência pode custar de quatro mil a 14 mil reais, o que inclui gastos com advogados, quitação de multas, impostos e leiloeiro.

Metade das vendas dos veículos das montadoras é financiada e a expectativa do setor é de que, com a mudança, os bancos deixem de ser tão exigentes na hora de liberar o crédito e até reduzam os juros.

A Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de veículos, prevê que as instituições financeiras podem aumentar em até 20 por cento o volume de aprovação dos contratos.

Veja Também
Economia
Horário de Verão gera economia de R$ 200 milhões
Polícia
Barracão – Contrabandistas abandonam fardos de mochilas e jaquetas
Polícia
Um caminhão, placas de Toledo/PR tombou por volta do meio dia desta quarta-feira (14) no trevo de acesso a Capanema, em Realeza
Geral
Em resposta à série de manifestações, Dilma Rousseff anuncia a adoção de cinco pactos nacionais
Polícia
Caso Marli Costureira: Polícia Civil encontra armas na casa do marido
Esportes
Em vantagem, Juventus e Sevilla entram em campo pela Liga dos Campeões