Previsão do tempo
19°
23°
Possibilidade de Pancadas de Chuva

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Polícia
Fim do mistério sobre identidade de mulher atropelada

Após um atropelamento com vítima fatal ocorrido na madrugada do último domingo (07), em Erechim/RS, o corpo de uma mulher gerou um impasse entre duas famílias que reivindicavam o parentesco e que chegou a ser velada pela família errada.

Mas o mistério chegou ao fim ontem (08) com a identificação da vítima. Trata-se de Iraci Antunes da Silva, 45 anos, que estava sendo confundida com Maria de Fátima Mendes, 33, que segundo parentes, não tem residência fixa e estaria desaparecida.

O corpo de Iraci teria sido identificado equivocadamente por um familiar de Maria de Fátima, no IML de Passo Fundo/RS. As mulheres tinham ligeira semelhança e ambas estariam em situação de vulnerabilidade social.

Após isso, o corpo de Iraci foi entregue a esta família, que passou a velá-la no início da noite de domingo em uma capela mortuária do bairro São Cristóvão. Mas uma adolescente de 15 anos chegou no local e informou que tal pessoa era sua mãe e que, portanto, estavam velando a pessoa errada.

Uma certa confusão foi formada e o caso terminou na Delegacia de Polícia, cujo delegado determinou que o corpo fosse retirado do velório e submetido a mais uma análise, fato que ocorreu no Posto de Erechim e culminou na verdadeira identidade do cadáver.

Para que não houvesse mais nenhuma dúvida, Maria de Fátima se apresentou nesta segunda-feira à família, determinado o fim deste impasse entre os familiares que reivindicavam o corpo.

Fonte: ROBERTO LORENZON

 

Veja Também
Polícia
Caminhão carregado com alpiste é apreendido em Barracão
Economia
Aprovada MP que transfere rombo de R$ 3,5 bi para contas de luz
Polícia
Polícia Civil recupera no Paraná bebê vendido pela própria mãe em Camboriú
Polícia
Acidentes ferem duas pessoas com gravidade nas rodovias estaduais do Oeste de SC
Geral
Cada brasileiro pagou quase R$ 900 em impostos, só em maio
Geral
Custo de vida do brasileiro subirá 4,09%, em 2018