Previsão do tempo
17°
25°
Predomínio de Sol

Musical

Notícias
Economia
Ajuste fiscal faz governo adiar o pagamento do abono salarial
O abono salarial é como um 14º salário, que equivale a um salário mínimo, e atende trabalhadores que ganham até dois mínimos por mês

Governo adia para o ano que vem o pagamento do abono salarial.

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador determinou que metade desses benefícios, que seriam pagos este ano, ficarão para 2016.

O abono salarial é como um 14º salário, que equivale a um salário mínimo, e atende trabalhadores que ganham até dois mínimos por mês.

O adiamento ocorre segundo orientação do Ministério da Fazenda e faz parte do ajuste fiscal.

De acordo com o Codefat, a primeira parte dos benefícios será paga de julho a dezembro deste ano e, o restante, de janeiro a março de 2016. Com a medida, o governo federal vai economizar 10 bilhões de reais este ano. Antes todos os benefícios iam ser pagos até outubro deste ano.

O Ministério do Trabalho justificou que a mudança é uma forma de garantir as finanças do Fundo e proteger um patrimônio dos trabalhadores.

 

 

foto meramente ilustrativa

Veja Também
Polícia
Ex-prefeito de Realeza já está na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão
Polícia
Homens são executados com tiros na cabeça
Geral
Vendas do comércio crescem, mas não compensam tombo causado pela crise
Geral
Tribunal de Justiça suspende posse de novo desembargador
Geral
Prefeito Zelírio de Santo Antônio do Sudoeste convida a população da região para reunião sobre a ampliação das obras da BR-163 no Sudoeste do Paraná
Geral
Para reduzir rombo, governo quer limitar salário inicial de servidor a R$ 5 mil