Previsão do tempo
21°

Clube do Povo

Doalcei Alves

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
Polícia
Câmara aprova projeto que pode enquadrar manifestante como terrorista
As penas variam de 12 a 30 anos

A Câmara dos Deputados aprovou, no início da noite desta quarta-feira (12), o texto-base de um polêmico projeto de lei que define como terrorismo atos como portar explosivos, incendiar ou depredar meios de transporte ou ocupar prédios públicos.

Pelo texto da lei antiterrorismo, é terrorista quem usar ou ameaçar usar ou apenas portar explosivos, gases tóxicos, venenos, agentes biológicos, químicos, nucleares ou outros meios capazes de causar danos ou promover destruição em massa.

Também é considerado terrorismo incendiar, depredar, saquear, destruir ou explodir meios de transporte ou qualquer bem público ou privado, bem como quem sabotar sistemas de informática ou bancos de dados, e quem sabotar o funcionamento ou apoderar-se, "ainda que de modo temporário", de portos, aeroportos, estações ferroviárias ou rodoviárias, hospitais, escolas, estádios, instalações públicas entre outros.

As penas variam de 12 a 30 anos.

Segundo o texto aprovado, "o disposto neste artigo não se aplica à conduta individual ou coletiva de pessoas em manifestações políticas, movimentos sociais, sindicais, religiosos, de classe ou categoria profissional, direcionados por propósitos sociais ou reivindicatórios, visando a contestar, criticar, protestar ou apoiar, com o objetivo de defender direitos, garantias e liberdades constitucionais, sem prejuízo da tipificação penal contida em lei".

A proposta ainda precisa ser apreciada no Senado.

 

 

foto meramente ilustrativa

Veja Também
Economia
Brasileiros já pagaram R$ 500 bilhões em impostos desde o começo do ano
Geral
Estatuto do desarmamento é ameaçado por defensores de plebiscito para revisão em 2018
Geral
Agricultora de Dionísio Cerqueira ganha veículo 0km na pré-assembleia Sicoob São Miguel
Agricultura
Principal processadora de carnes do mundo anuncia que vai parar com método cruel de gestação de porcas
Polícia
Tribunal do Júri se reúne hoje para julgamento de acusado de homicídio em Barracão
Política
Novos deputados ficaram com 43,5% das vagas na Câmara