Previsão do tempo
19°
26°
Pancadas de Chuva a Tarde

Nossa Terra Nossa Gente

Doalcei Alves

Trânsito Livre

Sandro Barcellos

Notícias
Política
TSE volta a julgar nesta terça ação que pede impugnação do mandato de Dilma
Hoje, os ministros voltam a discutir se um dos processos de investigação da campanha eleitoral da petista deve prosseguir na Corte

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) volta a julgar, nesta terça-feira (25), uma das quatro ações na Corte que pedem a cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff e de seu vice, Michel Temer.

Protocolada em janeiro pela Coligação Muda Brasil, cujo candidato era o senador Aécio Neves (PSDB-MG), a ação foi retomada há cerca de 10 dias e suspensa na sequência após um pedido de vista do ministro Luiz Fux.

Hoje, os ministros voltam a discutir se um dos processos de investigação da campanha eleitoral da petista deve prosseguir na Corte. No último dia 13, contudo, os ministros Gilmar Mendes e João Otávio de Noronha votaram a favor da continuidade do processo.

O PSDB acusa a chapa Dilma-Temer de usar estruturas públicas para promover a campanha, aponta abuso de poder econômico ao listar gastos acima do limite previsto e afirma que propinas oriundas do esquema de corrupção na Petrobras podem ter sido misturadas às doações oficiais.

Nesta terça-feira, os ministros também podem discutir a possibilidade de reunir as quatro ações que, no limite, podem gerar a cassação de mandato da presidente em uma só. Além das quatro ações, a Corte Eleitoral analisa ainda a prestação de contas de campanha da presidente Dilma. 

Veja Também
Geral
Médico manda paciente tomar vergonha na cara e hospital terá que pagar indenização de 10 mil reais
Geral
Goleiro Belmontense é Campeão da Copa do Brasil Sub-17
Geral
Prazo para apostar na Mega da Virada entra na reta final e prêmio deve ser de R$ 225 milhões
Geral
SDR Dionísio Cerqueira repassa 5ª parcela do Transporte Escolar em 2013
Geral
Governador Beto Richa afirma que o Paraná realizou a maior contratação de policiais da história
Geral
Juros do cheque especial e do empréstimo pessoal caem, em outubro