Previsão do tempo
13°
15°
Variação de Nebulosidade

Ave Maria

Paróquia de Barracão

Som Brasil

Laudinor Dalvani

Notícias
Saúde
Setembro é o mês da segunda dose da vacina contra o HPV
Em 2015, também foram incorporadas como grupo alvo dessa vacina as mulheres de 14 a 26 anos

Durante o mês de setembro, devem receber a segunda dose da vacina contra o HPV (papilomavírus humano) as meninas, entre 9 e 13 anos, que receberam a primeira dose em março deste ano.

Aquelas que ainda não se vacinaram devem procurar uma unidade de saúde e iniciar o esquema de imunização. No total, três doses devem ser aplicadas. A próxima será cinco anos após a segunda.

A vacina é a principal forma de prevenção contra o câncer de colo do útero, doença que mata cerca de oito mil mulheres por ano no Brasil.

Em 2015, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária para a vacinação, incluindo também as meninas de nove e de dez anos. Até então, eram imunizadas contra o HPV apenas as meninas entre 11 e 13 anos.

Em 2015, também foram incorporadas como grupo alvo dessa vacina as mulheres de 14 a 26 anos de idade vivendo com HIV/Aids, considerando-se que as complicações decorrentes do HPV ocorrem com mais frequência em pacientes portadores de HIV e da Aids.

Câncer de colo do útero

O HPV é um vírus que apresenta mais de 150 tipos diferentes.

A vacina distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é do tipo quadrivalente, que protege contra quatro tipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os vírus HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo do útero.

Como o HPV é transmitido

A transmissão ocorre por meio do contato íntimo com a pele contaminada. O HPV é altamente contagioso, sendo possível infectar-se com uma única exposição ao vírus. Pessoas infectadas podem não apresentar lesões visíveis e transmitir o HPV sem saber.

Apenas da principal via de contágio ser a sexual, o HPV pode ser transmitido esporadicamente por meio simples contato com mão, pele, objetos, toalhas e roupas íntimas contaminadas.

O HPV no Brasil

No Brasil, esse é o segundo tipo mais frequente de câncer entre mulheres. Cerca de 20 mil novos casos são identificados anualmente, causando oito mil mortes. Há informações de que a cada hora, uma paciente é diagnosticada pelo vírus e, a cada duas horas, uma delas morre em virtude da doença.

Veja Também
Esportes
Finalistas dos estaduais de RJ, MG e RS serão conhecidos neste fim de semana
Polícia
MACONHEIROS SÃO FLAGRADOS NO INTERIOR DE BELA VISTA DA CAROBA
Polícia
Homens são presos por tráfico internacional de drogas na fronteira
Polícia
Jovem perde a vida em grave acidente na BR 163/SC
Geral
“Texto original ainda pode sofrer mudanças”, diz Temer sobre Previdência
Política
Maioria do STF aceita denúncia que torna Eduardo Cunha réu na Lava Jato