Previsão do tempo
21°
26°
Nublado e Pancadas de Chuva

Clube do Povo

Jeferson Rodrigues

Rota 94

Adriana Riva

Notícias
Polícia
Bombeiro é o primeiro condenado no processo criminal da boate Kiss
A punição foi divulgada pelo juiz Ulysses Louzada, responsável pelo caso

Mais de dois anos e sete meses depois da tragédia que vitimou 242 pessoas, a Justiça do Rio Grande do Sul condenou nesta terça-feira (1º) o primeiro réu no processo criminal sobre o incêndio na boate Kiss, em Santa Maria.

O Major Gerson da Rosa Pereira, ex-chefe do Estado Maior do 4º Comando Regional do Corpo de Bombeiros, foi condenado a seis meses de detenção.

A punição foi divulgada pelo juiz Ulysses Louzada, responsável pelo caso. A pena pode ser convertida em prestação de serviços à comunidade, mas a defesa do major informou que vai recorrer da decisão.

O militar foi condenado pelo crime de fraude processual. Segundo a denúncia do Ministério Público, nos dias seguintes à tragédia, o Major e o Sargento Renan Severo Berleze inseriram, no arquivo da boate no Corpo de Bombeiros, documentos que não faziam parte do plano de prevenção contra incêndio da casa noturna.

Em novembro, o bombeiro Renan aceitou a suspensão condicional do processo em troca do pagamento de dois salários mínimos e da obrigação de se apresentar à Justiça a cada três meses durante dois anos. Gerson não aceitou o mesmo acordo, e o processo prosseguiu na Justiça.

 

 

foto meramente ilustrativa

Veja Também
Polícia
PRF cria ferramenta eletrônica para registro de acidentes sem vítima
Polícia
Homem é preso após furtar tênis
Geral
Jacaré é flagrado nadando na piscina de residência em Florianópolis
Geral
Mega-Sena de R$ 15,2 milhões sai para o RS
Polícia
Polícia Civil recupera no Paraná bebê vendido pela própria mãe em Camboriú
Economia
Gasolina e gás de cozinha devem continuar com o mesmo preço