Previsão do tempo
16°
23°
Possibilidade de Pancadas de Chuva à Tarde
Notícias
Política
Dilma deve encaminhar proposta de CPMF nesta segunda
Apesar das resistências, o texto vai propor um novo tributo com alíquota de 0,2%

A presidente Dilma Rousseff vai encaminhar nesta segunda aos parlamentares a Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que recria a antiga CPMF, contribuição que incide sobre a movimentação financeira.

Apesar das resistências, o texto vai propor um novo tributo com alíquota de 0,2% e duração de quatro anos, conforme anunciado pela equipe econômica. A negociação de Dilma e dos ministros com o Congresso começará imediatamente: o governo precisa urgentemente dos R$ 32 bilhões que a CPMF despejará nos cofres federais ao longo de um ano.

O imposto pode ser elevado a 0,38%, repetindo a alíquota que vigorou até dezembro de 2007 quando ela foi extinta pelos parlamentares. Isso atenderia pedido dos governadores para dividir a receita adicional com os Estados. O pedido já foi feito diretamente à presidente Dilma, mas o governo decidiu enviar uma proposta própria, deixando as alterações nas mãos dos parlamentares.

Além disso, deputados e senadores podem modificar a proposta para reduzir o prazo de duração para dois ou três anos, de forma que a CPMF termine até 2018.

Veja Também
Geral
STF absolve senador Dário Berger por acusação da época em que foi prefeito de Florianópolis
Economia
Receita Federal ainda não recebeu nem metade das declarações de IR esperadas para este ano
Geral
Ônibus de Turismo de Dionísio Cerqueira é assaltado em viagem ao Paraguai
Geral
Duas pessoas são internadas por dia vítimas de envenenamento acidental
Geral
Município de Anchieta decreta situação de emergência
Polícia
Polícia investiga a morte de família em Cordilheira Alta, Oeste de SC