Previsão do tempo
22°
32°
Predomínio de Sol

Encontro de Bandas

Laudinor Dalvani

Notícias
Polícia
Serviços Aeropoliciais da Polícia Civil realizaram mais de 700 missões em 2015
um dos destaques deste ano foi a atuação essencial do Saer no salvamento de várias pessoas em situação de risco de morte, vítimas que foram atingidas pelas enchentes

Os Serviços Aeropoliciais da Polícia Civil, com uma base em São José (Saer) e outra em Chapecó (SaerFron - Serviço Aeropolicial de Fronteira), tiveram intensas atividades em 2015, com 704 missões executadas, seja no apoio a operações policiais, missões de apoio à Defesa Civil, transporte de órgãos e equipes médicas, busca de foragidos, busca e salvamento, monitoramento, translado de dignatários e levantamento aéreo, atendendo 103 municípios catarinenses (51 Saer e 52 SaerFron).

Apesar do foco do serviço dos helicópteros ser o apoio em operações policiais, um dos destaques deste ano foi a atuação essencial do Saer no salvamento de várias pessoas em situação de risco de morte, vítimas que foram atingidas pelas enchentes do segundo semestre, principalmente, no Oeste catarinense.

Vale lembrar a atuação da tripulação do serviço aeropolicial no município de Saudades, em que cinco pessoas da mesma família, que tiveram a casa destruída, estavam isoladas numa área de risco. Outras nove pessoas em tratamento de hemodiálise também foram resgatadas em uma área isolada nos municípios de Salete e Ituporanga e transportadas para hospital em Rio do Sul. Além disto, foram várias missões de transporte de medicamentos, alimentos e até geradores para locais vulneráveis atingidos por intempéries da natureza.

Veja Também
Geral
Consulta ao 4º lote de restituições do IR 2014 já está liberada
Polícia
Motocicleta é apreendida em DC
Economia
Comércio de São Paulo vai contratar 35% menos temporários para este Natal
Economia
Governo fala em aumento no preço da gasolina para 2013
Geral
Donald Trump vence Hillary Clinton e é eleito presidente dos EUA
Polícia
Indivíduo é detido por portar drogas em Dionísio Cerqueira