Previsão do tempo
21°
Predomínio de Sol
Notícias
Mundo
América Latina tem 20 milhões de jovens ‘nem-nem’: nem trabalham, nem estudam
O documento aponta que quase 60% dos jovens provêm de famílias situadas nos 40% mais pobres da distribuição de renda

O Banco Mundial informou que 20 millhões de latino-americanos entre 15 e 24 anos atualmente não estudam nem trabalham — os chamados “nem-nem” —, segundo informe do organismo divulgado nesta segunda-feira (18).

De acordo com o estudo, a proporção de jovens e maiores de idade em relação à população com idade de trabalhar chegará logo a um nível mínimo histórico para a América Latina e Caribe, mas a região poderia desperdiçar o potencial econômico dessa tendência demográfica.

A entidade multilateral destacou que o grupo dos “nem-nem” pode ter consequências negativas duradouras sobre a produtividade ao reduzir salários e oportunidades de trabalho, prejudicando assim o crescimento econômico em geral.

O documento aponta que quase 60% dos jovens provêm de famílias situadas nos 40% mais pobres da distribuição de renda. Também indica que as mulheres compõem dois terços do grupo e que ao menos 70% deles vivem em cidades e têm baixo nível de instrução.

Em termos absolutos, a maior quantidade reside no Brasil, Colômbia e México.

Veja Também
Geral
Preços do álcool e da gasolina despencam
Educação
MEC nega distribuição de livro com conteúdo sexual nas escolas
Geral
Risco de sofrer uma queda aumenta com a idade, mostra levantamento
Polícia
Marginais invadem garagem e furtam aparelho de som de veículo em Barracão
Saúde
Uma em cada três mulheres brasileiras vai ter osteoporose um dia
Geral
Encerramento de empresas supera aberturas no Brasil